E-commerce: 10 dicas para comprar on-line com segurança!

Nada de golpes ou links suspeitos, vem aprender como comprar sem sair de casa e sem correr riscos.

A internet mudou a forma como as pessoas se comunicam e interagem entre si e, até mesmo, como conquistamos nossos bens. Hoje em dia, não é mais necessário ir até uma loja física para conseguir comprar o que quer, basta acessar o site ou app e realizar a compra do conforto de casa.

Entretanto, tudo de bom sempre tem um lado ruim, não é mesmo? Com a crescente alta das compras on-line, foram desenvolvidos também novos golpes.

Sendo assim, nós separamos 10 dicas para te ajudar na hora de fazer suas compras e evitar que você caia em algum  golpe! Veja:

1. Compre apenas usando equipamentos de confiança

Não compre utilizando computadores públicos ou de pessoas que não confia e/ou não tem intimidade. Certifique-se de que a sua máquina está com o antivírus atualizado e evite armazenar seus dados (incluindo e-mail e número do cartão de crédito) no computador e no e-commerce.

Para os celulares, valem as mesmas regras e um cuidado a mais com a rede sem fio a que estiver conectado: prefira fazer a operação em redes conhecidas e protegidas com senha, como o wi-fi da sua casa ou de algum conhecido.

2. Prefira comprar em lojas conhecidas

Muitas vezes, uma nova loja surge no mercado e traz diversas promoções e descontos.De início, as vantagens podem parecer irresistíveis, mas é importante saber a procedência dos produtos e se a loja vai realmente entregá-los corretamente.

3. Pesquise a reputação da loja

Unindo-se a opção 2, sempre é válido procurar opiniões na internet e perguntar aos amigos sobre a loja na qual pretende fazer uma compra.Mas, também é importante saber que muitas lojas conhecidas e de qualidade passam por dificuldades. Isso é normal em qualquer tipo de comércio e é fácil encontrar, na própria internet, se há problemas pontuais de vendas ou com compradores no período.

DICA: busque informações sobre a idoneidade e reputação da loja em órgãos de defesa do consumidor, como o Procon, e em sites de avaliação de compras e relacionamento com o cliente, como o ReclameAqui.

4. Recebeu um link? Desconfie

Recebeu uma promoção ou indicação de loja comum link? Não compre (nem forneça dados) a partir dele. Muitas vezes, criminosos conseguem replicar o site de uma loja verdadeira de forma idêntica – ou seja, a interface é perfeita, igualzinha à do negócio original, mas trata-se de uma página falsa que pode capturar suas informações. Abra sempre o site em uma aba nova do navegador, digitando no campo de endereço.

5. Verifique se o site disponibiliza informações sobre a empresa

Caso haja algum problema com a compra, você deve saber quem contatar,. Eentão, sempre fique de olho se há informações como: telefone para contato ou e-mail, endereço, razão social e CNPJ disponíveis em alguma parte do site. 

6. Leia a política de compra e privacidade da empresa

Antes de efetuar a compra, leia mais sobre como a empresa presta o serviço. Envios, entregas, devoluções, trocas, tudo deve ser informado obrigatoriamente pela loja na política de compra e privacidade.

7. Escolha sites que tenham plataformas de pagamento seguras

A maioria das lojas on-line aceita pagamentos  via  boletos bancários ou depósitos em conta, mas você poderá ficar mais seguro se fazê-los por meio de um cartão de crédito ou plataformas intermediárias reconhecdas. Isso porque esses sistemas financeiros já fazem uma verificação da loja antes de liberar o pagamento e será menos complicado recuperar seu dinheiro em caso de fraude.

8. Procure pelo cadeado

No topo esquerdo do navegador de internet, bem no começo da barra de endereço, verifique se há um símbolo de cadeado seguido pelo código https://. Essa é uma indicação de que a conexão do site é segura – ou seja, que ele é um ambiente onde os dados não ficarão abertos, dificultando o trabalho de cibercriminosos.

9. Desconfie de ofertas muito abaixo da média

Já ouviu a expressão “Quando a esmola é demais até o santo desconfia”? Pois bem, se a oferta anunciada for boa demais para ser verdade, pode ter caroço nesse angu! Descontos muito generosos podem, na verdade, camuflar alguns problemas com os produtos e, além dos problemas de qualidade e fraude, você poderá ter problemas sérios de garantia ou troca.

10. Registre os passos de sua compra

Mesmo que o site utilizado faça registro do passo a passo até a compra, guarde cada email de confirmação de compra, pagamento e etc. Assim, caso ocorra algum erro nesse período, você poderá comprovar onde parou durante sua compra.

Comentários

{{comment.parent.comment_author}}
{{comment.parent.comment_date}}
{{comment.parent.comment_content}}
Comentar
{{children.comment_author}}
{{children.comment_date}}
{{children.comment_content}}
Comentar
Ver mais comentários

Matérias anteriores

O Dia da Gentileza já passou, mas nós podemos praticá-la todos os dias!
Convide seus familiares a escolher um livro para pegar emprestado na nossa biblioteca!
Venha entender mais sobre o mês da prevenção ao câncer de próstata e como cuidar da saúde masculina.